A Season 1 do Hero Academia RPG teve início! Você ainda não viu? Dê uma olhada clicando aqui!

1. PLUS ULTRA!
Olá herói! Ou seria você um vilão!? Bom, não importa, de qualquer modo você é bem vindo para juntar-se à nós! O Hero Academia RPG é um roleplaying game (jogo de interpretação) baseado na série Boku No Hero Academia escrita por Kōhei Horikoshi e publicada semanalmente na Shonen Jump. Aqui, você jogador poderá interpretar heróis, vilões e até mesmo assistentes, se assim for do seu desejo. Nosso foco é a diversão de todos os jogadores, ainda que tenhamos um sistema sólido de regras que devem ser lidas atentamente por cada um. Então, está esperando o que!?
BEM-VINDO!
Profile
Personal Photo

No Photo

Options
Custom Title
luke doesn't have a custom title currently.
Personal Info
Location: No Information
Born: 11 January 1994
Website: No Information
Interests
No Information
Other Information
Nome do Personagem: luke
Frase: No Information
RGB: 135,93,59
Alcunha: No Information
Idade: No Information
Data de Criação: No Information
Link da Ficha: ?showtopic=770
Imagem de Quirk: http://files.jcink.net/uploads/heroacademiarpg/Achievements/Rank_E/Jogador_Dedicado.png
Nome do Quirk: Plot Device Techniques
Qualidade do Quirk: Pristino
Tipo de Quirk: Emissão
Statistics
Joined: 1-July 17
Status: (Offline)
Last Seen: Today at 02:36 am
Local Time: May 23 2018, 06:04 AM
49 posts (0.2 per day)
( 0.68% of total forum posts )
Contact Information
AIM No Information
Yahoo No Information
GTalk No Information
MSN No Information
SKYPE No Information
Message: Click here
Email: Private
Signature
View Signature

luke

Admin

Topics
Posts
Comments
Friends
My Content
May 18 2018, 07:08 AM
[dohtml]<div id="yeva"><div id="ficha" style="text-align: left;"><regular>

<titulo1>Yeva Dmytrova</titulo1>
<img src="/uploads/luxaeterna/templates/nonkiller/yeva001.png">

<profiletextbg><aprnc>

<p><b>Personalidade:</b><br>

<p><tracospos>Carismática</tracospos>
Tão carismática quanto o pai, Yeva consegue despertar admiração e interesse por ela com poucas palavras, as vezes até mesmo apenas através de sua aparência. Ela passa uma imagem e sensação de ser amigável, confiável, habilidosa, inteligente e legal, e com isso, encanta as pessoas de forma que não sintam tanta vontade de questionar ela, mas sim de segui-la.
</p>

<p><tracospos>Criativa</tracospos>
Yeva pode até não ser nenhum gênio, mas a sua criatividade e raciocínio rápido não devem ser subestimados. Variando das ideias mais simples até as mais malucas, seja em combate ou mesmo para inventar histórias, a garota tem uma mente criativa e tanto.
</p>

<p><tracospos>Determinada</tracospos>
Não apenas determinada, mas também muito paciente, Yeva pode se demonstrar inabalável em relação as suas ambições. Esperta e por vezes realista, ela não é teimosa a ponto de continuar quando está em desvantagem, porém, ela também não desiste em essência. Como ela procura enxergar de uma perspectiva mais ampla, ela é determinada a ponto de admitir uma derrota para ter outra chance no futuro.
</p>

<p><tracospos>Habilidosa</tracospos>
Yeva pode não ter um vasto conhecimento ou experiência, mas ela é habilidosa com quase tudo aquilo que se presta a fazer. Ela não apenas aprende rápido, como tem uma mente afiada e intuitiva. Naturalmente, isso não quer dizer que ela aprenderia medicina avançada só de folhear um livro, mas com certeza ela faria uma sutura melhor do que qualquer outro novato.
</p>

<p><tracospos>Independente</tracospos>
Desde pequena, Yeva sempre se virou muito bem sozinha, fosse suportando os problemas em casa ou ainda quando esteve sozinha na guerra civil. Ela não sente que precisa de amigos ou família, porém, isso não quer dizer que ela não veja utilidade em outras pessoas. O que ocorre é que Yeva tem problemas para formar laços reais com outras pessoas, o que fez com que ela se adaptasse de modo que não precisasse de ninguém, muito embora ela não veja problema em usar outras pessoas a fim de facilitar a própria vida.
</p>

<p><tracosneg>Dissimulada</tracosneg>
Dmytrova fingiu ser normal a vida inteira. Quando criança, ela percebeu que não compartilhava dos mesmos pensamentos e sentimentos que os outros, então passou a imitar o comportamento deles na tentativa de não chamar atenção, afinal, era sempre um problema quando reportavam qualquer coisa para o seu pai. Com o tempo, Yeva foi aperfeiçoando isso ao ponto de conseguir passar pelas avaliações psicológicas de sua reabilitação, então se passar por uma pessoa normal durante qualquer contato social superficial é moleza para ela.
</p>

<p><tracosneg>Egocêntrica</tracosneg>
Ela é extremamente egocêntrica, mas de uma forma igualmente reservada. Ela não deseja posições de destaque e não sente necessidade de mostrar que é melhor do que as outras pessoas, mas em sua mente, de forma até muito natural, ela já é o centro do universo e sente que é melhor do que qualquer um. Mesmo que alguém a supere em coisas específicas como, por exemplo, conhecimento, dons artísticos ou força, ela ainda se acha superior não por pensar que ultrapassa o indivíduo naquilo que ele é bom, mas sim porque ela acredita que tem controle sobre aquela pessoa. Curiosamente, é quando seu ego é ameaçado que ela se torna mais agressiva.
</p>

<p><tracosneg>Infeliz</tracosneg>
Yeva é bastante infeliz e está sempre a procura de algo que traga constante felicidade a sua vida. Como ela é uma psicopata clássica, ela é capaz de conseguir amigos, atenção e favores com facilidade devido ao seu carisma, manipulação e falta de remorso, mas no fim, os seus relacionamentos são bem superficiais, não havendo qualquer qualidade neles. Desta forma, Yeva não consegue desfrutar de qualquer companhia, pois não forma vínculos sólidos com ninguém. Para demonstrar normalidade, ela finge que se diverte como qualquer pessoa, mas na realidade, Yeva só consegue ser feliz sendo egocêntrica, e não só isso, como ela também sente uma necessidade profunda de ser feliz o tempo todo, que é um dos seus gatilhos comportamentais.
</p>

<p><tracosneg>Hipócrita</tracosneg>
Ela é uma tremenda hipócrita e não tem o menor peso na consciência por isso. Ela só tenta justificar as suas hipocrisias para manipular as pessoas, mas se ela é pega numa contradição ou mentira, ela apenas muda de discurso. No fim, não adianta muito tentar fazer ela admitir que é uma hipócrita, pois ela já sabe disso e simplesmente não se importa.
</p>

<p><tracosneg>Passiva-Agressiva</tracosneg>
Engana-se aqueles que pensam que Yeva é cruel e violenta o tempo todo. Ela pode ser uma psicopata com gosto por crueldade, mas ela não é tão diferente de um gato alimentado que num momento ataca outro animal menor apenas por diversão e mais tarde ignora completamente o mesmo animal. Tudo depende da situação e do quão motivada ela se sente. As vezes ela se demonstra surpreendentemente calma e normal, enquanto em outros momentos ela é mais agressiva e incisiva, seja insultando os outros com sutileza ou ainda cumprindo o papel de assassina sádica.
</p>

</aprnc></profiletextbg>

</regular>

<heroi><titulo1>Nonkiller</titulo1>
<img src="/uploads/luxaeterna/templates/nonkiller/yeva002.png">

<profiletextbg><aprnc>

<p><b>Persona:</b></p><p>
Não há muito para se dizer sobre Nonkiller, pois Yeva nunca desenvolveu seu alterego após o incidente com o pai. Mesmo na guerra civil, Yeva nunca usou a transformação que deu origem a vilã. Deste modo, pode-se dizer que Nonkiller esteja sendo reservada para algo e que, por enquanto, Yeva não está disposta a investir em sua máscara.
</p>

<p><b>Aparência:</b></p><p>
Nonkiller possui a aparência de sua transformação completa. Uma mulher de corpo atlético e esguio, com 1,82 m de altura e que pesa 62 kg. A máscara que ela usa é na realidade o seu próprio rosto, assim como os quatro olhos são todos reais. As suas mãos possuem dedos longos e garras afiadas. O seu uniforme, especialmente feito para ela pela agência do pai, expande quando ela se transforma e combina com o seu tom de pele.
</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</heroi>

<famaregular>

<center><div style="float:left;"><img src="https://i.imgur.com/SNNcXMK.png"></div><b>Chaotic Evil</b><br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaregular>

<famaheroi>

<center><div style="float:left;"><img src="https://i.imgur.com/SNNcXMK.png"></div><b>Neutral Evil</b><br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaheroi>

<historia><titulo>HISTÓRIA!</titulo>

<div style="height: 380px; overflow: scroll; overflow-x: hidden;"><maintextbg>

<p>
Filha de um dos mais famosos heróis da Ucrânia, a vida de Yeva parecia ser perfeita, mas só parecia. O seu pai, Dmytro, mais conhecido como King of Hearts, era um grande símbolo nacional. Unindo a sua individualidade de super força, resistência e velocidade a sua boa aparência e carisma, ele era a definição de um verdadeiro super-herói. Entretanto...
</p><p>
A realidade dentro de quatro paredes era outra. O herói sem a máscara era um homem agressivo e impiedoso, cuja presença era motivo de constante terror para sua esposa, Maryska. Aliás, não só para ela, mas também para as duas garotas, Nataliya, enteada do herói e também a pequena Yeva, sua filha com Maryska.
</p><p>
A verdade é que nunca existiu amor no casamento entre Dmytro e Maryska, mas sim interesses em comum. Maryska, com a sua individualidade de regeneração celular, foi modelo a vida toda, mas com a chegada de Nataliya, o falecimento de seu ex-cônjuge e a idade, ela acreditava que uma nova união seria a única forma de garantir conforto para ela e sua filha. Um terrível engano.
</p><p>
Maryska era bela e apesar de estar afastada da carreira, ainda era lembrada, porém, não era isso que interessava Dmytro, mas sim a individualidade da mulher. A princípio, Maryska acreditava que era um casamento de individualidades, com a finalidade de gerar uma criança com ambos os poderes, mas estava enganada. A verdade é que Dmytro precisava de alguém que beneficiasse a sua própria individualidade e jamais, em hipótese alguma, denunciasse seus atos de crueldade.
</p><p>
O mundo conhecia King of Hearts como um herói de super atributos físicos, como se fosse uma capacidade constante e natural, mas não passava de uma grande mentira. Na realidade, a fonte de seus poderes era... a própria maldade; uma individualidade extremamente irônica para um herói licenciado, mas plausível para um mundo moldado por aparências e mentiras. Assim, tendo uma esposa que nunca precisaria ir ao médico e que jamais registraria qualquer lesão, Dmytro não precisaria mais recorrer a modos mais arriscados de manter seus poderes no auge.
</p><p>
Tudo parecia perfeito. Na frente das câmeras, eram uma família adorável. Nunca ninguém imaginaria o quão monstruoso era aquele homem, sempre tão carismático. Maryska era a única que poderia revelar ao mundo que por trás do herói, existia um vilão, mas ela nunca o fez, pois além de estar mentalmente condicionada a não desafiar o marido para não sofrer ainda mais agressões e injúrias, acima de tudo, ela temia o que ele poderia fazer com Nataliya e Yeva. Por isso, mesmo com toda a sua fragilidade e temor, de certa forma ela ainda protegia as suas filhas de corpo e alma, literalmente.
</p><p>
A união doentia entre agressor e vítima perdurou por anos. Maryska nunca permitiu que Dmytro encostasse um dedo em suas filhas, e com isso, garantiu a independência e maturidade de sua primeira menina que finalmente deixava a casa para viver longe. Maryska ficou feliz por Nataliya, mas sem o apoio da filha mais velha, ela não tinha mais em quem se escorar já que Yeva era pequena demais. Então, sem mais ninguém para compartilhar suas dores, o seu espírito e mente, já avariados, passaram a quebrar de vez. Sem forças ou esperança para escapar de sua tormenta de outra forma, Maryska tirou a própria vida.
</p><p>
Foi Yeva quem encontrou a mãe pendurada pelo pescoço, balançando sobre uma cadeira caída na cozinha. Foi um evento traumático. Foi horrível, mas aquilo era apenas o início de seu próprio inferno, pois ela, a pequena Yeva de 7 anos, serviria como sua substituta.
</p><p>
O funeral foi belo. O suicídio não pôde ser acobertado, mas a carta deixada nunca foi encontrada, tornando a sua morte um mistério. Dmytro, como o bom ator que era, chorou em frente as câmeras, comovendo todo o país pela sua perda. Já Yeva, em choque, sequer conseguiu lamentar, enquanto Nataliya, procurando evitar a farsa, não compareceu.
</p><p>
O plano original de Dmytro era usar Nataliya para recarregar os seus poderes caso algo acontecesse com Maryska, mas sem ela, sobrava apenas a indefesa garotinha de cabelos cor-de-rosa, cuja face, muito parecida com a da mãe, o deixava transtornado, já que a misteriosa morte de Maryska ameaçava sua carreira. No fim, Dmytro não via Yeva como sua filha. Ele era especialmente agressivo com ela, ainda mais depois que descobriu que a regeneração da menina era mais poderosa do que a da mãe.
</p><p>
Dia e noite, Yeva estava sobre constante tensão. O que ela sofria era demais para uma garotinha. Se ela olhasse o pai de um jeito que ele não gostasse, ele a machucava. Se ela não respondesse imediatamente, ele a machucava. Se ela tirava uma nota ruim na escola, ele a machucava. Se ela não deixasse a casa arrumada, ele a machucava. Se ela trouxesse uma amiga em casa, ele a machucava. Se ela risse de um programa de TV, ele a machucava e assim em diante. Todos os dias.
</p><p>
Yeva era considerada uma boa aluna na escola, mas tinha dificuldade em se socializar com os colegas, apresentava falta de empatia e não parecia gostar de animais. Conselheiros e professores não sabiam o que pensar. Ninguém desconfiava que ela sofria maus-tratos, pois ela não tinha marcas aparentes pelo corpo. Mesmo quando ela aparecia com um braço quebrado, a menina apenas mentia, dizendo que caiu sozinha e coisas do tipo. Ninguém sabia de nada. Ninguém exceto Dmytro, ela e... Nataliya.
</p><p>
Durou bem pouco, mas Yeva pôde desfrutar de uma vida normal por algum tempo, quando Nataliya, agora uma advogada, conseguiu provar a justiça os maus-tratos que sua mãe sofreu a partir de seus ossos, ganhando assim a guarda da irmãzinha e, consequentemente, arruinando a carreira do King of Hearts. Claro, Dmytro não deixou barato, não medindo esforços ou recursos para provar sua inocência, mas fosse ele ou não inocente, as pessoas nunca mais olhariam para ele como um herói, e essa foi a sua verdadeira ruína.
</p><p>
Yeva só passou cerca de um ano morando com Nataliya, que se preparava para casar com seu namorado, Ivan. Contudo, quando tudo parecia ir bem, a justiça determinou que era inconclusivo se Dmytro era ou não responsável pelas fraturas do corpo da esposa e que, portanto, Yeva deveria retornar a guarda de seu pai; um ato de pura vingança. Naquela noite, houve uma discussão, então uma briga. Dmytro não estava com sua individualidade carregada, logo não era mais do que um homem adulto normal, mas ainda assim, era forte o bastante para machucar Nataliya, que não queria ceder a irmãzinha.
</p><p>
Dmytro sufocou Nataliya com as mãos. A sua individualidade ficou mais forte. Ele não queria ter matado a garota, mas estava tomado pela ira e também pelo regozijo de sentir aquela força fluindo novamente em seu corpo depois de tanto tempo. Ainda sobre o corpo da mulher, ele pensava em como esconderia o corpo ou escaparia, quando se deparou com aqueles quatro olhos rubros sobre ele, tomados pelo ódio.
</p><p>
No dia seguinte, a notícia que se espalhou era de que o ex-herói Kings of Hearts havia ficado tetraplégico ao tentar proteger a enteada de um vilão. A suposta vilã, descrita por testemunhas como sendo uma mulher adulta, de máscara branca com quatro olhos e cabelos cor-de-rosa, ficou conhecida como Nonkiller, pois ambas as vítimas sobreviveram, embora a mulher estivesse em coma e o ex-herói afásico e paralisado.
</p><p>
Nataliya faleceu meses depois. Sem nenhum parente para cuidar dela, Yeva passou a morar em um orfanato ortodoxo. Por já ter 12 anos e sofrer crises perto de figuras paternas, nenhuma família se interessava por ela. As vezes ela visitava o pai no hospital que, embora não pudesse falar ou se mexer, entendia tudo o que ela dizia, sempre com uma expressão de terror no rosto. Era estranho, mas ele era a única família que ela ainda tinha, então por mais mórbido que fosse, era reconfortante ver o pai daquele jeito, com os papéis trocados.
</p><p>
Quando a guerra civil estourou na Ucrânia, Yeva ainda era uma criança. A princípio, não tinha nenhuma ligação com a sua história ou vida até aquele momento, porém, nem mesmo ela estaria isenta da guerra que se alastrava. Em meio as trocas de tiro e bombardeios, ninguém se importou muito em resgatar as crianças do orfanato. Felizmente, era nesse tipo de situação, onde a maldade impera, que a sua individualidade mais brilhava. Yeva não foi a única sobrevivente, mas separada dos demais, passou a viver sozinha na cidade em conflito.
</p><p>
No começo, Yeva estava por conta própria, mas ela meio que gostava daquele novo mundo. As regras eram muito mais simples. Ela só tinha que sobreviver, sem fingir sorrisos e normalidade. Se alguém a incomodasse, ela podia simplesmente eliminar o problema. Então ela passou um tempo sozinha, sem ter um lado na guerra, até que certo dia ela resolveu roubar suprimentos de um grupo de missionários ortodoxos. Mal sabia ela que eles eram um grupo de mercenários russos disfarçados e que estavam a serviço da resistência ucraniana. Yeva acabou capturada.
</p><p>
Recrutada pelos mercenários, Yeva tornou-se rapidamente uma criança soldado, parecendo até que havia nascido para aquilo. Ninguém entendia exatamente qual era a individualidade dela, mas ela era forte o bastante para sobreviver sozinha naquele inferno. O líder dos mercenários, um homem chamado Borislav Freindlich, era particularmente interessado nela. Borya, como o chamava, ensinou a menina técnicas de combate armado e corpo a corpo, os quais ela dominou rapidamente, pois era bastante aplicada e interessada naquilo.
</p><p>
Borislav sempre mantinha Yeva por perto, mas não era um relacionamento normal de mestre e aprendiz, tampouco de pai e filha. Outros mercenários diziam que ela era a "garota do Borya" em tom pejorativo, mas também não tinham esse tipo de relação. Na verdade, Borislav via Yeva como seu projeto pessoal, uma oportunidade de criar alguém que realizaria as suas ambições mesmo quando ele não estivesse mais vivo. Assim, Borya protegia a menina, mas também sempre ordenava que ela ficasse encarregada de executar ou torturar prisioneiros, além de sempre carregá-la ao lado durante momentos de combate.
</p><p>
No fim, nada dura para sempre. Um dia o grupo de mercenários acabou cercado. Em uma guerra onde as pessoas usam as suas individualidades indiscriminadamente, não existem heróis. Um a um, os mercenários foram mortos, até sobrar apenas Borislav e Yeva. Para salvar a garota, agora com 14 anos, ele atirou nela três vezes, apostando que ela não morreria graças a regeneração. Ela, sem entender o ato de suposta traição, não teve tempo de questionar, pois logo depois soldados entraram e mataram o russo.
</p><p>
Como Yeva estava baleada e era jovem demais para ser uma mercenária, os soldados imaginaram que ela era uma refém. Dias depois, quando ela acordou, perguntaram o que havia acontecido. Ela, depois de muito refletir, entendeu o último gesto de Borya e confirmou a suspeita errônea de que havia sido sequestrada, e com isso, recebeu passe livre para uma instituição reformatória, destinada a crianças vítimas da guerra. Lá ela foi mantida por 3 anos, até conseguir passar pelas avaliações psiquiátricas e ser liberada para iniciar a sua vida em sociedade.
</p><p>
Assim que saiu da instituição, uma das primeiras coisas que Yeva, fez foi procurar a agência de seu pai que, para a sua surpresa, havia se mantido muito bem no mercado graças aos produtos que eram vendidos até hoje com a face do herói e mártir, King of Hearts. Identificando-se como filha de Dmytro, ela foi prontamente atendida por Anton Leonov, o ex-agente de seu pai e atual presidente da agência. A reunião não foi exatamente breve e muito menos agradável, mas no fim tomou um rumo bastante inusitado, principalmente quando Yeva descobriu que ele havia colaborado para que ela fosse liberada do instituto.
</p><p>
Anton era o homem responsável por acobertar Dmytro desde muito antes de Yeva nascer. Fora ele quem arranjou o casamento entre Dmytro e Maryska, e acima de tudo, a ideia de usar Maryska e futuramente Nataliya também haviam sido dele, tudo para manter Dmytro no auge e assim faturarem cada vez mais com a agência. Yeva lembrava-se muito bem de Anton e sabia exatamente quem ele era, mas para a surpresa do homem, ela não estava lá por vingança, embora também não fosse por gratidão.
</p><p>
Houve um acordo naquele dia. Anton sabia das intenções de Dmytro naquela noite porque ele mesmo havia ligado para o agente dizendo que iria para pegar o que era dele, no caso, Yeva. Mais do que isso, Anton sabia que Yeva era a Nonkiller porque, mesmo que Dmytro não pudesse escrever ou falar, ele podia confirmar a identidade da vilã piscando, e foi o que ele fez, piscou duas vezes quando Anton perguntou se Nonkiller era sua filha. Por outro lado, Yeva também sabia de coisas que poderiam abalar aquela agência de forma irreversível, então fizeram um acordo: ambos manteriam sigilo em relação ao passado, Anton não revelaria a identidade da Nonkiller, Yeva não traria novamente a tona os crimes de King of Hearts e, por fim, ela teria direito a parte dos lucros da agência, recebendo o dinheiro sob o pseudônimo de Rosalyn Yevanova.
</p><p>
Atualmente, Yeva costuma viajar bastante, não por mero turismo, mas para encontrar um lugar que a satisfaça, onde possa ser quem ela realmente é. Ela não sente falta de Borislav ou mesmo de Nataliya, mas admite que gostaria de ainda estar em meio a guerra civil ucraniana, pois tinha autonomia e liberdade. A vida em sociedade tem se provado difícil para ela, mas ela gosta de testar os limites da sociedade. Solteira, ela nunca namorou ninguém em sua vida, mas também nunca demonstrou interesse. As vezes, quando confrontada com a oportunidade, ela reproduz o comportamento que seu pai manifestava em casa, especialmente quando em posição de poder, mas é esperta o bastante para se manter fora do radar de heróis ou da polícia. As suas práticas não são feitas exclusivamente sob a faceta de seu alterego, Nonkiller, mas ela acabou por adotar o codinome que, na realidade, é bastante hipócrita considerando que Dmytro é a única vítima que ela já deixou viver.
</p>

</maintextbg></div></historia>
<historia>

<titulo>Atributos!</titulo>

<p>
<center><b>Nível:</b> 1<br>
<b>Exp Comum Total Gasta:</b> 10</center>
</p>

<center><b>Exp (Comum):</b> 0 | <b>Exp de Narrador:</b> 0 | <b>h.EXP/v.EXP:</b> 0
<br><br>

<table><tbody>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Atributo</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>EXP Investida</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>Pontos Totais</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Força</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
2 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>2</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Precisão</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Agilidade</b></div></td><td>
<div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
3 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>3</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Destreza</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
2 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>2</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Vigor</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
2 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>2</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Resistência</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
1 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>1</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Controle</b></div></td><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td>

</tr></tbody></table></center>

</historia>

<historia><titulo>March of the Black Queen!</titulo>
<center><b>Pristino | Transformação</b></center>

<maintextbg><div style="float:left; margin-right: 10px;padding: 4px;box-sizing: border-box;box-shadow: 0 4px 6px rgba(0, 0, 0, .3); opacity: 1 !important;"><img src="/uploads/colombina/yeva/yevaquirk.gif"></div>

<p>
<b>March of the Black Queen</b> é o poder de aprimorar o próprio corpo na presença de pessoas igualmente más ou semelhantes a Yeva. Biologicamente falando, o cérebro da garota produz hormônios que aumentam a sua força, reflexos, regeneração, resistência e velocidade quando entram em sintonia com indivíduos marcados neurologicamente pela maldade. Quanto mais cruéis ou maus forem os indivíduos presentes, mais poderoso se torna o seu Quirk.
<p></p>
Segundo os mais recentes estudos da psiquiatria forense, anomalias no sistema límbico do cérebro, mais especificamente nas amídalas, apontam com precisão a tendência a maldade de uma pessoa. Basicamente, todo ser humano que pratica o mal sofre alterações neurobiológicas que facilitam atos de crueldade posteriores, como se a cada ato acostumassem ou treinassem o sistema límbico para serem mais maus, não sentirem empatia pelos outros e tampouco remorso pelos seus atos. Todo tipo de ato de maldade conta, mas existem vários níveis que separam um simples hábito de enganar de, por exemplo, um assassino em série. Além disso, existem pessoas que já nascem com tais anomalias, sendo portanto maus desde a concepção.
</p></p>
Em questão de aplicabilidade, o cérebro de Yeva reage a sistemas límbicos anômalos de forma constante e passiva, gerando reações bioquímicas por todo o seu corpo de acordo com o nível de maldade ou periculosidade sentido. Em termos simples, não é diferente de como algumas pessoas ficam mais fortes e rápidas com a adrenalina no sangue, seja por medo ou por raiva. A grande diferença é que Yeva é geneticamente projetada para suportar cargas muito maiores de hormônios simpaticomiméticos e manifesta raras combinações capazes de gerar metamorfose.
</p>

<p>
<b>Vantagens:</b>

<li>A sua regeneração natural é acelerada de acordo com a qualidade e quantidade de pessoas más presentes. Ela não é instantânea, mas acelera exponencialmente cicatrização, combate a doenças, combate a envenenamento, regeneração tecidual de alguns órgãos e dentre outros efeitos naturais da biologia humana.</li>
<li>Ela pode se transformar na forma conhecida como Nonkiller para ocultar sua identidade. Além de ser mais alta e dotada de garras, Nonkiller não possui vantagens aparentes.</li>
<li>Ela consegue identificar quando pessoas más estão presentes e também consegue calcular com precisão o quão mau o indivíduo é, salvo algumas exceções como indivíduos com capacidades bioquímicas ou de manipulação sensorial.</li>
<li>O seu Quirk tem o potencial de multiplicar a sua força, regeneração, resistência e velocidade, podendo atingir níveis muito acima da média humana. Ela pode distribuir conscientemente os multiplicadores para, por exemplo, ter mais força física e menos resistência, mas além de exigir concentração, ela poderia acabar ferindo a si mesma por não resistir a própria investida.</li>
<li>Quanto maior for a maldade de cada pessoa por perto, mais forte o seu Quirk se torna.</li>
<li>Quanto mais pessoas por perto, mais forte o seu Quirk se torna. Isso inclui pessoas comuns, mas em menor escala.</li>
</p>

<p>
<b>Desvantagens:</b>

<li>A sua regeneração não inclui restaurar coisas incomuns para seres humanos como regenerar membros perdidos ou órgãos como coração.</li>
<li>Animais e outros seres sem sapiência não afetam o seu Quirk.</li>
<li>Ao atingir níveis elevados de força e velocidade, ela demora um pouco para se acostumar com as novas capacidades.</li>
<li>Ela não consegue identificar a partir de seu Quirk que tipo de maldade as pessoas ao seu redor cometeram.</li>
<li>Ela não consegue identificar com precisão quem são as melhores fontes de maldade no meio de multidões.</li>
<li>Pessoas consideradas boas ou comuns afetam o seu Quirk, mas não o bastante para atingir uma performance extraordinária.</li>
<li>Quando não há terceiros por perto, Yeva só conta com a sua própria maldade.</li>
</p>

</maintextbg>

<titulo>Árvore de Especializações</titulo>

<p>
<center><i>Vazio</i></center>
</p>

</historia><historia>

<titulo>Técnicas Interpretativas!</titulo>

<p>
<b>Exemplo de Técnica 1 (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> F- até S+, pense se é a técnica mais forte do personagem, a mais fraca ou mediana e coloque um rank de acordo.<br>
Descrição da técnica interpretativa.
</p>

<p>
<b>Exemplo de Técnica 2 (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> F- até S+, pense se é a técnica mais forte do personagem, a mais fraca ou mediana e coloque um rank de acordo.<br>
Descrição da técnica interpretativa.
</p>

</historia>

<historia>

<titulo>Fama!</titulo>

<p><b>Yeva Dmytrova</b></p>
<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>

<p><b>Nonkiller</b></p>
<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>

<titulo>Feitos</titulo>

<p>
<b>Matérias:</b> <i>nenhuma</i>
</p>

</historia><historia>

<titulo>Relacionamentos!</titulo>

<p>
<b>Exemplo de Relacionamento 1 (NPC/Player/Grupo)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
<i>"Frase do seu personagem que resuma a relação"</i><br>
Descrição do relacionamento.
</p>

<p>
<b>Exemplo de Relacionamento 2 (NPC/Player/Grupo)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
<i>"Frase do seu personagem que resuma a relação"</i><br>
Descrição do relacionamento.
</p>

</historia><historia>

<titulo>Character Book</titulo>

<p>
Nome Completo: Yeva Dmytrova<br>
Ocupação: Civil
</p>

<p>
Sexo: Feminino<br>
Nacionalidade: Donetsk, Ucrânia<br>
Aniversário: 19/11/2001 (17 anos)<br>
Altura/Peso: 1,68 m / 52 kg<br>
Tipo Sanguíneo: AB<br>
</p>

<p>
Signo: Escorpião<br>
Filme Favorito: Crimes Ocultos (Child 44)<br>
Música Favorita: Тінь Сонця - Громом і вогнем (Tin' Sontsya - Gromom i Vognem)
</p>

<p>
Hobbies: Mobile Games, Origami<br>
Ocupações Secundárias: Assassina em série, criminosa de guerra e mercenária
</p>

<titulo>Trívia</titulo>

<p>

<li>O nome Yeva Dmytrova significa <i>Eva, filha de Dmytro</i>. O nome em si é uma referência direta a Eva bíblica, enquanto Dmytro é uma analogia a serpente de Gênesis.</li>
<li>O codinome Nonkiller é uma referência a personagem de mesmo nome do fórum <i>Dusty Road</i> e a classe do fórum <i>Nonplayers</i>.</li>
<li>O nome de sua individualidade é uma referência a música <i>The March of the Black Queen</i> da banda <i>Queen</i>.</li>
<li>A individualidade de Yeva consta em seus documentos e histórico como sendo <i>regeneração acelerada</i>, mas isso é apenas um dos efeitos de seu real poder.</li>
<li>Os nomes dos membros de sua família são referências cristãs. Dmytro ao mártir <i>Demétrio</i>, Maryska a <i>Maria</i>, Nataliya ao <i>Natal</i> e Yeva a <i>Eva</i>.</li>
<li>O pseudônimo Rosalyn Yevanova é uma referência a música <i>Rosalyn</i> de <i>David Bowie</i> e a <i>Ulga Yevanova</i> do filme <i>Doce Trapaça</i>. Ele também é uma referência a sua paleta de cores.</li>
<li>Os diversos hexagramas nos trajes de Yeva simbolizam a Estrela da Criação da Igreja Ortodoxa. O seu primeiro contato com o símbolo foi no orfanato ortodoxo em que esteve antes da guerra civil, porém, ele também fazia parte do uniforme dos mercenários que recrutaram ela, pois fingiam ser missionários da Igreja. Como Yeva era muito jovem e não podia se passar por missionária, ela nunca recebeu um uniforme oficial deles, mas passou a usar a sua própria versão personalizada anos depois.</li>
<li>Yeva costuma ser rejeitada por animais como cães e gatos. Ela finge não entender o motivo e não se importar, mas na verdade isso sempre a irritou.</li>
<li>Yeva deseja um mundo onde ela possa ser feliz sendo ela mesma, sem precisar esconder quem ela é ou se preocupar em ser pega. Se um dia ela acreditar que esse mundo não existe, ela com certeza tentaria criar um novo.</li>
<li>Yeva é uma reinterpretação da personagem de mesmo nome do fórum <i>Nonplayers</i>, criada em 13 de Maio de 2015. As semelhanças entre as duas são essenciais, mas a sua contraparte do Hero Academia RPG é bem mais madura por ser 2 anos mais velha. Além disso, o seu poder chamado de <i>Gunpowder Gelatine</i>, uma referência a música <i>Killer Queen</i>, não tinha o mesmo efeito que seu Quirk.</li>
<li>Yeva não atacou o próprio pai para proteger a irmã ou por vingança. O único motivo pelo qual ela reagiu foi porque ele ameaçava tirar sua liberdade e tomar algo que pertencia a ela.</li>
<li>Yeva nunca admirou nenhum herói. Ela acredita que todo herói esconde suas perversões, tal como Dmytro ou ela própria, mas isso é o mesmo que ela pensa de todo mundo.</li>
<li>Yeva nunca sentiu falta de sua irmã ou mãe, assim como não sente falta de viver com Nataliya. Por outro lado, ela sente bastante falta da guerra civil, embora não necessariamente de Borislav e dos outros mercenários.</li>
<li>Yeva se passa por uma jovem missionária da Igreja Ortodoxa que viaja constantemente de país em país, porém, isso não é apenas mentira, como ela sequer é uma devota.</li>
<li>Yeva sempre reproduziu o comportamento do pai, mas sempre foi discreta. Quando criança, ela sentia satisfação em torturar animais e mais tarde, na guerra civil, ela teve as suas primeiras experiências com seres humanos.</li>

</p>

<titulo>Quotes</titulo>

<div class="yevaquote">

<i>Justiça? Vingança? Nada disso me interessa. O que eu desejo é um lugar onde eu possa ser feliz fazendo aquilo que me dá prazer, livre e sem consequências. Com ou sem você, eu vou conseguir isso, então não é melhor que esteja comigo quando eu encontrar esse mundo secreto?</i>
<strong>~<b>Yeva Dmytrova</b> para Anton Leonov</strong>

<i>Mesmo preso nessa cama para o resto da vida, você continua sendo um ícone para as pessoas. Você deveria me agradecer por eu não acabar com o pouco que te resta de dignidade, mas você não poderia mesmo se quisesse, não é mesmo? Bom, feliz dia dos pais, papai.</i>
<strong>~<b>Yeva Dmytrova</b> para Dmytro</strong>

</div>

</historia>

<historia><div style="float: right;"><img src="/uploads/colombina/yeva/aniyeva.gif"></div>

<titulo>Extra!</titulo>
<link href="/uploads/luxaeterna/templates/yevahar.css" rel="stylesheet" type="text/css">

<p>
Jogado por: @Cheli<br>
Tag: @Cheli II
</p>

<p>
(FC1) Girls Frontline: Negev<br>
(FC2) ME!ME!ME!: Fallen Hana
</p>

</historia>

</div></div>[/dohtml]
May 18 2018, 07:03 AM
[dohtml]<div id="ficha">


<regular> <titulo1>Tracey O’Connel</titulo1>

<img src=http://placehold.it/230x230>

<profiletextbg>

<aprnc>

<p>
<b>Personalidade:</b> <br>

<p>
<tracospos>Empatia pelos vulneráveis</tracospos> <br>

Por ter crescido sozinha nas ruas, Tracey costuma simpatizar por aqueles que precisam de ajuda por alguma injustiça ou situação perigosa.
</p>

<p>
<tracospos>Silenciosa</tracospos> <br>

Após todo o tempo sozinha, Tracey descobriu que, apesar de seus poderes, precisava aprender a se infiltrar em locais perigosos sem ser notada, com muita prática, tornou-se uma pessoa um tanto quanto difícil de se encontrar/detectar, a não ser é claro, que ela decida que quer ser encontrada.
</p>

<p>
<tracospos>Confiável</tracospos> <br>

Tracey nunca teve muitos amigos, mas os que conseguem conquistar sua confiança, sempre têm uma aliada inegavelmente leal e prestativa.
</p>

<p>
<tracospos>Independente</tracospos> <br>

Como uma garota abandonada, Tracey teve que aprender a se virar sozinha.
</p>

<p>
<tracospos>Contatos</tracospos> <br>

Tracey sempre "Conhece um cara" que pode lhe fornecer desde informações, até bugigangas com preços baixos.
</p>


<p>
Por ser mais ligada com os mais pobres, Tracey tem dificuldade de lidar com pessoas que não entendam o que é ficar sem ter o que comer por praticamente uma semana, ou quase congelar até a morte em noites de inverno intenso.
</p>

<p>
Por ter sido abandonada pelos os próprios pais, a garota possui muita dificuldade em confiar em outras pessoas
</p>

<p>
Tracey prefere agir do que pensar ou falar, por essa impulsão, acaba quase sempre se metendo em alguma enrascada
</p>

<p>
Devido ao longo tempo vivido nas ruas, todo e qualquer tempo parada, sem fazer algo produtivo, a incomoda, por causa disso, alguns podem pensar que a garota é hiperativa.
</p>

<p>
Dificilmente gosta de ser liderada e/ou trabalhar em equipe, prefere fazer todo o trabalho 3 vezes, do que dividir entre colegas.
</p>

</p>

<p>
<b>Aparência:</b> Normalmente é encontrada usando uma jaqueta grossa e calça jeans, não se importa muito em manter os cabelos castanhos em um penteado regular, e, está sempre mirando os olhos claros em todos os pontos do ambiente. Tem 1,65m de altura e pesa 67 kg., visivelmente uma garota de porte magro mas que não chega ao ponto de passar a impressão de fragilidade.
</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</regular>

<heroi> <titulo1>???</titulo1>

<img src=http://placehold.it/230x230>

<profiletextbg>

<aprnc>

<p>
<b>Persona:</b> Quando em serviço Tracey adota uma postura totalmente profissional. O que pode ser visto é uma garota em terno, costas eretas, expressão séria e um ar de proteção. Se Joseph aceita a presença de terceiros estes têm a nítida sensação de “permissão” para interagir com seu protegido, quanto aqueles que não deveriam estar perto a forma de sentir que não pertencem a aquele lugar é explicita... e física.
Embora não seja alguém renomada ou famosa, no nicho de qual faz parte, todos a conhecem muito bem a Guardiã de Joseph, e que sua proteção é o que o mantém vivo até hoje.

</p>

<p>
<b>Aparência:</b> Terno social preto, gravata preta e camisa branca.

</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</heroi>

<famaregular>

<center><div style="float:left;"><img src=https://i.imgur.com/SNNcXMK.png></div> <b>Neutral Good</b> <br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaregular>

<famaheroi>

<center><div style="float:left;"><img src=https://i.imgur.com/SNNcXMK.png></div> <b>Lawful Neutral</b> <br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaheroi>


<historia> <titulo>HISTÓRIA!</titulo>


<maintextbg>

Vinda de uma família com ideias da criação de um mundo onde os poderes um dia iriam se tornar apenas um passado caótico na história do mundo, Tracey teve o azar de revelar seus poderes na frente dos pais, os quais não a aceitaram como membro da família, expulsando-a de casa aos 7 anos de idade. <br>
As ruas não eram um local saudável ou seguro para o desenvolvimento de uma criança, o que a fez se obrigar a usar os poderes para se defender ou mesmo conseguir o que queria quando era preciso. <br>
Aos 16 anos, Tracey se deparou com um ataque à um velho senhor, onde dois homens mais jovens e armados, estavam lhe roubando os pertences e o agredindo. Penalizada pelo o que poderia acontecer à aquele senhor indefeso, a garota entrou em conflito com os homens, os quais depois de terem sido derrotados, bateram retirada com medo. <br>
O idoso, impressionado pela bondade e no poder presentes naquela moradora de rua, se apresentou como Joseph Sykes e lhe ofereceu um emprego como guarda costas dele, e em troca ele lhe daria, além do pagamento, um local para viver. Entretanto, lhe impôs a condição de que em troca disso, ela iria aprender a usar seus poderes de forma mais precisa para assim, ser uma protetora melhor, ou até mesmo se tornar uma heroína. <br>
Desde então, a menina vem se esforçando para demonstrar gratidão pela oportunidade única que lhe foi entregue de bom grato pelo idoso.

</maintextbg>

</historia>

<historia>

<titulo>Atributos!</titulo>

<p>
<center><b>Nível:</b> 1<br>
<b>Exp Comum Total Gasta:</b> 10</center>
</p>

<center><b>Exp (Comum):</b> 0 | <b>Exp de Narrador:</b> 0 | <b>h.EXP/v.EXP:</b> 0
<br><br>

<table><tbody>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Atributo</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>EXP Investida</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>Pontos Totais</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Força</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Precisão</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
3 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>3</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Agilidade</b></div></td><td>
<div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
3 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>3</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Destreza</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
4 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>4</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Vigor</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Resistência</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Controle</b></div></td><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td>

</tr></tbody></table></center>

</historia>

<historia> <titulo>Gravicinese</titulo>

<center>
<b>Superior | Emissão</b>
</center>

<maintextbg><div style="float:left; margin-right: 10px;padding: 4px;box-sizing: border-box;box-shadow: 0 4px 6px rgba(0, 0, 0, .3);"><img src=http://placehold.it/120x170></div>

<p>
Todo corpo tem um campo gravitacional, por exemplo, uma caneta no espaço entra em orbita ao redor de um astronauta contanto que estejam longe o bastante da Terra. Quanto maior a massa do corpo, maior a sua influencia e capacidade de atração, pois como a própria física explica, massa atrai massa.
Tracey tem consciência e consegue sentir e distinguir esta força de atração que existe entre a Terra e a Lua, esta é parte da sua individualidade, sendo a outra a capacidade de telecineticamente manipular esse fenômeno físico com bem desejar, lhe permitindo manipular terra e agua.
</p>

<p>
<b>Vantagens:</b>

<li>Pode dobrar elementos como água e terra à sua vontade, moldando e/ou atirando-os</li>
<li>Quanto mais próxima da Lua (de noite e dias de lua cheia), maior a sua capacidade de manipular a gravidade. </li>


</p>

<p>
<b>Desvantagens:</b>

<li> Quanto maior a quantidade de matéria movida pela “gravicinese”, maior a exaustão depois dos movimentos</li>
<li>Quando de dia e em noites de lua minguante, Tracey tem dificuldade em fazer grande diferença com o uso de seus poderes.</li>

</p>

</maintextbg>

<titulo>Árvore de Especializações</titulo>

<p>
<center><i>Vazio</i></center>
</p>

</historia>


<historia>

<titulo>Técnicas Interpretativas</titulo>

<p>
<b>Mini Lua (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> A+<br>
Usando do poder gravitacional, Tracey consegue remover uma rocha do chão e modelá-la na forma de uma esfera que lembra a Lua. Essa pequena Lua é usada para atacar ou defender, podendo ser colocada na frente de ataques corpo a corpo ou sendo atirada contra um inimigo, podendo retornar ao ponto de onde foi atirada.
</p>

<p>
<b>Dobra De Água Básica (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> A+<br>
Com a “gravicinese”, Tracey se concentra em quantidades medianas de água para poder utilizar como ataque/defesa. (Essa técnica não permite que Tracey mude o estado da água para sólido, liquido ou gasoso)
</p>

<p>
<b>Dobra De Terra Básica (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> B+<br>
Tracey se concentra em utilizar a sua “gravicinese” para remover pedaços sólidos de terra e atirá-los contra algum alvo.
</p>


</historia>


<fama>

<titulo>Fama!</titulo>

<p>
<b>Tracey O’Connel</b>
</p>

<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>


<p>
<b>???</b>
</p>

<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>


<titulo>Feitos</titulo>

<p>
<b>Matérias:</b> <i>nenhuma</i>
</p>

</fama>


<historia>

<titulo>Relacionamentos</titulo>

<p>
<b>Joseph (NPC)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
É o homem que tirou Tracey das ruas e lhe deu casa, comida e educação.
Apesar de haver uma relação de trabalho entre eles, Tracey tem o homem como uma figura paterna a qual ela admira muito devido à sua benevolência para com todos à sua volta.
</p>

<p>
<b>Sevastian (Player)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
Sevastian é um colega da mesma universidade que Tracey. Por mais que ela odeie trabalhar em equipe, quando é obrigada a fazê-lo, prefere que seja ao lado dele, pela sua competência.
Ela acha o rapaz engraçado por ter uma necessidade tão grande em fazer justiça da melhor maneira possível, mas entende que a deslocada ali, é ela e não ele.
</p>

</historia>


<historia>

<titulo>Character Book</titulo>

<p>
Nome Completo: Tracey O’Connel<br>
Ocupação: Independente
</p>

<p>
Sexo: Feminino<br>
Nacionalidade: Salem, Oregon, USA.<br>
Aniversário: 07/07/1998 (19 Anos)<br>
Altura/Peso: 1,60m / 56kg<br>
Tipo Sanguíneo: O+ <br>
</p>

<p>
Signo: Câncer<br>
Filme Favorito: <br>
Música Favorita: Get Jinxed
</p>

<p>
Hobbies: Ler<br>
Ocupações Secundárias:
</p>

<titulo>Trivia</titulo>

<p>

<li>Fica ainda mais agitada com overdose de doces, à um nível insuportável</li>

</p>

<titulo>Quotes</titulo>

<p>

Vazio
</p>

</historia>

<historia> <div style="float:right;"><img src=http://placehold.it/60x60></div>

<titulo>Extra!</titulo>

<p>
Jogado por: Mila<br>
Tag: @ExDeTPM
</p>

<p>
(FC) Nome do Anime Aqui: Nome do Personagem (Civil)<br>
(FC 2) Nome do Anime Aqui: Nome do Personagem (Persona)
</p>

</historia>

</div>[/dohtml]
May 18 2018, 06:33 AM
[dohtml]<div id="ficha">


<regular> <titulo1>Sevastian Zharkov</titulo1>

<img src=http://placehold.it/230x230>

<profiletextbg>

<aprnc>

<p>
<b>Personalidade:</b> <br>

<p>
<tracospos>Analista</tracospos> <br>

Devido a instrução constante de seus pais heróis, Sevastian foi ensinado a avaliar cada situação antes de agir. Impulsos são úteis, contanto que devidamente orientados a um objetivo.
</p>

<p>
<tracospos>Pouco Influenciável</tracospos> <br>

Ouvir opiniões e pontos de vista diferentes é um aspecto muito importante para tomar decisões, entretanto isso não significa ser facilmente coagido ou persuadido.
</p>

<p>
<tracospos>Diligente</tracospos> <br>

Graças a sua educação, a dedicação é algo inerente a sua personalidade. Independente de prazeroso ou não, se é algo que precisa ser dominado, aprendido ou feito, será cumprido.
</p>

<p>
<tracospos>Prazer em lutar</tracospos> <br>

Embora não seja encrenqueiro e nem briguento, Sevastian é adora uma boa luta. Se vidas inocentes não estiverem em perigo, um bom combate é um excelente entretenimento.
</p>

<p>
<tracospos>Inteligente</tracospos> <br>

Possui uma capacidade de aprendizado acima da média. Não é um gênio, mas é uma pessoa que claramente tem uma inteligencia maior que a grande maioria.
</p>


<p>
<tracosneg>Empatia forte</tracosneg> <br>

A empatia possuida em relação ao sofrimento da pessoas faz com que ele acabe sentindo como se estivesse na mesma situação, algumas vezes confundindo realidades.
</p>

<p>
<tracosneg>Raiva com injustiça</tracosneg> <br>

Embora tenha sido ensinado a controlar impulsos e analisar a situação, injustiças fazem com que a raiva suba a sua cabeça com velocidade acima do comum. Controlar este impulso em específico é algo que está sendo aprendido até os dias de hoje.
</p>

<p>
<tracosneg>Algumas leis são falhas</tracosneg> <br>

Ordem e paz são necessárias. As leis tem um papel importante nisso entretanto, nem todas servem devidamente a população. Se uma legislação, ao ver de Sevastian, for colocar em risco um inocente ou atrapalhar alguma operação, ela será infringida sem remorso
</p>

<p>
<tracosneg>Sarcastico</tracosneg> <br>

Sarcasmo é divertido. Muito divertido. Divertido até de mais
</p>

<p>
<tracosneg>Corajoso...até de mais</tracosneg> <br>

Uma vez que sua decisão é feita, Sevastian expõe-se de maneira imprudente. Essa característica provavelmente vem de observar seu pai atuando como herói. A unica diferença é que seu exemplo de baluarte da justiça tem como individualidade uma resistência de outro mundo.
</p>

</p>

<p>
<b>Aparência:</b>Um jovem alto (1,84m), cabelos cinzas, porte físico forte. Geralmente visto com um sorriso no rosto.
</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</regular>

<heroi> <titulo1>???</titulo1>

<img src=http://placehold.it/230x230>

<profiletextbg>

<aprnc>

<p>
<b>Persona:</b> A impressão que deseja ser transmitida aos civis é de proteção e segurança. Que na sua presença todos se sintam resguardados

</p>

<p>
<b>Aparência:</b> Uma roupa preta com alguns detalhes dourados. utiliza duas luvas que auxiliam na amplificação de sua individualidade.
Sua mascara cobre apenas metade do rosto direito. Por trás disso envolve a filosofia que heróis surgem de ações de pessoas comuns.
</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</heroi>

<famaregular>

<center><div style="float:left;"><img src=https://i.imgur.com/SNNcXMK.png></div> <b>True Neutral</b> <br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaregular>

<famaheroi>

<center><div style="float:left;"><img src=https://i.imgur.com/SNNcXMK.png></div> <b>True Neutral</b> <br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaheroi>


<historia> <titulo>HISTÓRIA!</titulo>


<maintextbg>

Sevastian teve uma infância normal... para uma faimilia de herois. Cresceu vendo seu pai "Grande Dmitri" defendendo civís com sua individualidade que lhe fornece resistência absurda,e sua mãe "Saha Siberiana"
agindo fora das câmeras trazendo retribuição a todos aqueles que tentam abusar de suas individualidade e fogem da lei.
Cresceu com dedicação na esperança de um dia ser um heroi tão grande quanto os pais.
Ao longo de seu desenvolviemnto seu senso de justiça aumentou e muito, mas ainda não está completamente desenvolvido. Algumas vezes chegava em casa com um mebro quebrado , outras com olho roxo e outros machucados, tudo por se sentir no dever de proteger aos outros.
Esse senso fez com que o caminho com seu melhor amigo Alexei, se dividisse. Ao manifestar a individualdiade, ao invés de usa-la para o bem dos outros, como Sevastian acredita piamente que deve ser, Alexei utilizava sua individualidade para obter vantagens ou até mesmo ameaças.
No inicio eram desentendimentos, com o tempo virou rivaldiade ao ponto que hoje em dias são praticamente inimigos.
Sevasatian saiu da Russia para estudar na U.A, no Japão, com o apoio de seus pais, pois acreditam que o ensido e experiencia dos professores desta instituição serão de grande valor para seu desenvolvimento

</maintextbg>

</historia>

<historia>

<titulo>Atributos!</titulo>

<p>
<center><b>Nível:</b> 1<br>
<b>Exp Comum Total Gasta:</b> 10</center>
</p>

<center><b>Exp (Comum):</b> 0 | <b>Exp de Narrador:</b> 0 | <b>h.EXP/v.EXP:</b> 0
<br><br>

<table><tbody>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Atributo</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>EXP Investida</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>Pontos Totais</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Força</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
4 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>4</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Precisão</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Agilidade</b></div></td><td>
<div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
3 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>3</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Destreza</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
3 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>3</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Vigor</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Resistência</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Controle</b></div></td><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td>

</tr></tbody></table></center>

</historia>

<historia> <titulo>Steam Burst</titulo>

<center>
<b>Pristino | Emissão</b>
</center>

<maintextbg><div style="float:left; margin-right: 10px;padding: 4px;box-sizing: border-box;box-shadow: 0 4px 6px rgba(0, 0, 0, .3);"><img src=http://placehold.it/120x170></div>

<p>
Sevastian consegue expelir conscientemente água, provinda do seu corpo, de todos os seus poros, para ele fazer esse esforço físico é tão natural quanto mover os membros.
Essa habilidade acontece com tamanha intensidade que o líquido é instantaneamente transformada em vapor, entretanto exige hidratação constante.
</p>

<p>
<b>Vantagens:</b>

<li>Potencialização de artes maricais<br>
Expelir uma dose de vapor na hora do impacto do golpe pode aumentar, e muito, seu efeito</li>
<li>Repelir golpes<br>
O vapor pode ser usado também de forma defensiva, repelindo projeteis ou auxiliando no amparo de golpes</li>
<li>Névoa quente<br>
Essa habildiade é utilziada expelindo vapor por todo o corpo, criando uma núvem quente, desconfortável, que reduz a visibildiade.</li>
<li> Propulsão<br>
A intensidade que o vapor é expelida é grande o bastante para propulsão, permitindo o voo.
Também é possível utilizar nos membros para cobrir distâncias grandes um intervalo de tempo curto.</li>
<li>Resfriamento<br>
Sevastian, apesar de Russo, tem uma ligeira resistência ao calor.
Ao expelir a água do interior do seu corpo, esta instantaneamente vira vapor. Essa transformação física exige calor latente, fornecido na maior parte pela intensidade dos poros, mas o restante é retirado de seu corpo, desta forma, se utilizada de forma controlada, sua Quirk pode servir como fonte de resfriamento próprio</li>


</p>

<p>
<b>Desvantagens:</b>

<li> Condensação<br>
Em temperaturas frias, pressões altas, ou umidade do ar elevada, o vapor vira rapidamente água, fazendo com que qualquer habilidade que não seja de uso instantâneo tenha sua duração reduzida proporcionalmente as condições do ambiente.</li>
<li>Neblina quente<br>
A neblina quente acaba se tornando um impecilio para qualquer aliado próximo que possa ter sua visão obstruida ou não seja resistente ao calor.</li>
<li> Necessidade de hidratação<br>
Por sua habilidade envolver o uso de água, é necessária a sua reposição. O uso muito prolongado leva a desidratação.</li>

</p>

</maintextbg>

<titulo>Árvore de Especializações</titulo>

<p>
<center><i>Vazio</i></center>
</p>

</historia>


<historia>

<titulo>Técnicas Interpretativas</titulo>

<p>
<b>Exemplo de Técnica 1 (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> F- até S+, pense se é a técnica mais forte do personagem, a mais fraca ou mediana e coloque um rank de acordo.<br>
Descrição da técnica interpretativa.
</p>

<p>
<b>Exemplo de Técnica 2 (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> F- até S+, pense se é a técnica mais forte do personagem, a mais fraca ou mediana e coloque um rank de acordo.<br>
Descrição da técnica interpretativa.
</p>


</historia>


<fama>

<titulo>Fama!</titulo>

<p>
<b>Sevastian Zharkov</b>
</p>

<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>


<p>
<b>???</b>
</p>

<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>


<titulo>Feitos</titulo>

<p>
<b>Matérias:</b> <i>nenhuma</i>
</p>

</fama>


<historia>

<titulo>Relacionamentos</titulo>

<p>
<b>Grande Dmitri (NPC)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
<i>"Meu pai é um escudo para os inocentes, o mesmo tipo de escuo que quero ser"</i><br>
Grande Dmitri é o nome de heroi do pai Sevastian. Uma admiração profunda bem como modelo de heroi que deseja ser no futuro
</p>

<p>
<b>Sasha Siberiana (NPC)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
<i>"Minha mãe é a espada que corta todo e qualquer vilão"</i><br>
Mãe de Sevastian, vista por outros e por ele como uma pessoa forte e respeitosa para aqueles que são inocentes e um temor para os que escolhem o lado errado.
</p>

<p>
<b>Alexei (NPC)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
Alexei já foi um grande amigo, até que quando sua individualidade surgiu resolveu utiliza-la para vantagem própria e opressão. Antes de sair da Russia, Alexei já havia se tornado um rival se não um inimgo. Se ele se tornará um vilão ou não é dificl de saber, pois embora opressor ele nunca se filiou ou envolveu em atividades explicitamente ilegais.
</p>

<p>
<b>Tracey (Player)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
Tracey é uma aluna da mesma universidade que Sevastian, embora não ainda não exista uma opinião formada, ela é considerada uma boa aliada em potêncial.
Claramente ela não possui o mesmo senso de justiça ou responsabildiade, mas ao menos ela está lutando do lado certo, para Sevastian é o bastante.
</p>

</historia>


<historia>

<titulo>Character Book</titulo>

<p>
Nome Completo: Sevastian Zharkov<br>
Ocupação: Herói
</p>

<p>
Sexo: Masculino<br>
Nacionalidade: São Petesburgo, Russia<br>
Aniversário: 21/11/1997 (20 Anos)<br>
Altura/Peso: 1,84m / 75 Kg<br>
Tipo Sanguíneo: O+ <br>
</p>

<p>
Signo: Escorpião<br>
Filme Favorito: Heroes and Villians. The ultimate duel. <br>
Música Favorita:
</p>

<p>
Hobbies: <br>
Ocupações Secundárias:
</p>

<titulo>Trivia</titulo>

<p>

<li>Sabia que vapor quente é excelente pra cozinhar?</li>

</p>

<titulo>Quotes</titulo>

<p>

<li>"O homem forte defende a si mesmo, o homem verdadeiramente forte defende aqueles ao seu redor" </li>


</p>

</historia>

<historia> <div style="float:right;"><img src=http://placehold.it/60x60></div>

<titulo>Extra!</titulo>

<p>
Jogado por: Kaelmir<br>
Tag: @Kaelmir
</p>

<p>
(FC) Nome do Anime Aqui: Nome do Personagem (Civil)<br>
(FC 2) Nome do Anime Aqui: Nome do Personagem (Persona)
</p>

</historia>

</div>[/dohtml]
May 14 2018, 06:18 PM
[dohtml]<div id="ficha">


<regular> <titulo1>Sanji Drake</titulo1>

<img src=https://i.imgur.com/CV502NS.jpg>

<profiletextbg>

<aprnc>

<p>
<b>Personalidade:</b> <br>

<p>
<tracospos>Extremamente Alegre
Simpático</tracospos> <br>

Drake é extremamente alegre na maior parte do tempo e simpático com os outros.
</p>


<p>
<tracosneg>Teimoso</tracosneg> <br>

Quando decide algo, vai até o fim, não importa o que vá acontecer depois.
</p>

</p>

<p>
<b>Aparência:</b>Seus cabelos são normais, um loiro, sua aparência física é absurdamente desenvolvida para a idade que contém, fruto de sua individualidade que o fez desenvolver um corpo mais "poderoso".
</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</regular>

<heroi> <titulo1>All In</titulo1>

<img src=https://i.imgur.com/kVTtNZS.png>

<profiletextbg>

<aprnc>

<p>
<b>Persona:</b> Um herói de muito grande coração, disposto á enfrentar tudo e mais um pouco para ajudar.

</p>

<p>
<b>Aparência:</b> Uma roupa totalmente verde com uma máscara inferior, luvas e botas customizadas para não demonstrar o poder da individualidade á todos.
</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</heroi>

<famaregular>

<center><div style="float:left;"><img src=https://i.imgur.com/SNNcXMK.png></div> <b>True Neutral</b> <br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaregular>

<famaheroi>

<center><div style="float:left;"><img src=https://i.imgur.com/SNNcXMK.png></div> <b>True Neutral</b> <br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaheroi>


<historia> <titulo>HISTÓRIA!</titulo>


<maintextbg>

Um garoto normal e cidadão Estadunidense, crescido na agitada Nova Iorque, sua dieta não tão balanceada, rica em carboidratos e gorduras ativou um mecanismo químico em seu corpo quando possuía pouco mais de 4 anos, assustando seus pais com a repentina mudança física de seu corpo e aumento absurdo da atividade geral do garoto que era novo até demais. Acabou aprendendo á regular certas partes de seu poder conforme treinava para viver "normalmente" na cidade, aonde nem todos podiam saber de sua Individualidade. Acabou ficando viciado em comer "Junk Food" graças á sua Quirk, mas nunca sentiu os efeitos que normalmente seguiriam, seguindo sua vida normalmente até seus 14 anos, aonde decidiu, finalmente, se tornar um herói, acabou indo parar no Japão para o teste de admissão da U.A, aonde, utilizando sua Quirk para tornar-se superior, mesmo que momentaneamente, que os outros candidatos, passou com graciosidade e agora estuda pra tornar-se herói.

</maintextbg>

</historia>

<historia>

<titulo>Atributos!</titulo>

<p>
<center><b>Nível:</b> 1<br>
<b>Exp Comum Total Gasta:</b> 0</center>
</p>

<center><b>Exp (Comum):</b> 10 | <b>Exp de Narrador:</b> 0 | <b>h.EXP/v.EXP:</b> 0
<br><br>

<table><tbody>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Atributo</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>EXP Investida</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>Pontos Totais</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Força</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>1</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Precisão</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Agilidade</b></div></td><td>
<div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Destreza</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Vigor</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Resistência</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>1</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Controle</b></div></td><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>8</b></div></td>

</tr></tbody></table></center>

</historia>

<historia> <titulo>All In!</titulo>

<center>
<b>Superior | Mutação</b>
</center>

<maintextbg><div style="float:left; margin-right: 10px;padding: 4px;box-sizing: border-box;box-shadow: 0 4px 6px rgba(0, 0, 0, .3);"><img src=https://i.imgur.com/pBoBfds.jpg></div>

<p>
A Quirk de Drake é complexa mas pode ser resumida de uma forma simples, como o garoto pensa que é.

Quanto mais comida, mais força.

No entanto, não é bem assim, sua Quirk é uma modificação em seu metabolismo extremamente radical, a principal fonte de energia para o ser humano é a Glicose, o corpo de Drake segue a mesma regra, no entanto a forma como a Glicose é utilizada é muito diferente. No corpo humano, a glicose é quebrada dentro da célula junto com o Gás Oxigênio e forma uma molécula chamada "ATP", a principal fonte de energia do ser humano, o ATP é uma molécula altamente energética e a quebra de suas ligações gera a energia para o corpo, no corpo de Drake, no entanto, a quebra da Glicose gera uma molécula especial chamada A10P, dez vezes mais energética que a "ATP", gerando muito mais energia para o corpo de Drake que pode controlar isso de diversas maneiras. Sua convivência com essa energia superior á normal no corpo humano fortaleceu seu corpo á níveis no qual sua musculatura é bem desenvolvida além do normal para a sua idade, geralmente ultrapassando pessoas normais sem nem ao menos usar a Quirk. Seu corpo também pode utilizar a energia absurda para regeneração de tecidos, favorecendo uma cura e revitalização superior.

O garoto aprendeu a controlar seu poder de forma á diminuir suas consequências e maximizar suas capacidades:

All In - 10% Isso utiliza só 10% do poder total da A10P que flui pelo corpo, só isso já é capaz de impulsionar Drake muito mais do que uma pessoa normal poderia sem sacrificar em muito sua resistência. Fornece uma agilidade e velocidade sobre-humana, além de um ligeiro aumento na força do garoto, deixando-o mais rápido e forte que o normal.

All In - 50% Utilizando 50% do poder total da A10P Drake começa á sentir os efeitos da Quirk, mas sua força, velocidade, agilidade e todas outras capacidades físicas são aprimoradas á níveis superiores ao seu normal.

All In - 100% O total poder da A10P fluindo totalmente pelo corpo de Drake permite um estado de poder físico superior e total o qual o garoto atinge no momento, no qual nada parece impossível, mas isso causa um desgaste físico absurdo no garoto, o qual não é revertido tão cedo, nem mesmo por sua cura acelerada. O uso exagerado do poder total pode causar sequeles irreversíveis ou até morte.

Uma curiosidade interessante é que, durante o uso da Quirk são visíveis partes "quentes" ao redor de Drake, nada mais são do que energia que fora expelida por ser "demais", o que o deixa com um tom de "pegando fogo", no entanto o efeito é apenas visual.
</p>

<p>
<b>Vantagens:</b>

<li>A Quirk de Drake permite feitos sobre-humanos, amplificando suas capacidades de forma consistente, fortalecendo suas estruturas musculares e todo o corpo com um surto de energia anormal que pode ser controlado, isso inclui Força, Velocidade, Agilidade e outros atributos físicos superiores ao que seria considerado normal (ou ainda mais acima) dependendo do quanto de energia for liberada.</li>
<li>Além do aprimoramento, a já normal A10P liberada no corpo favorece o metabolismo do corpo, deixando-o mais acelerado que o normal, o que se traduz numa regeneração de ferimentos rápidas através de uma reação rápida do organismo e depois regeneração do tecido.</li>

<li>Os níveis de uso, 10%, 50% e 100% tem suas especificidades como:

10% - Aprimora capacidades sem exigir muito do corpo.

50% - Superior ao 10%, mas acaba influenciando a regeneração acelerada.

100% - Superior duas vezes mais que o 50%, mas utiliza toda energia da A10P, o que anula a regeneração.. </li>

</p>

<p>
<b>Desvantagens:</b>

<li>Utilizar demais o "All In" em capacidades muito altas causa um desgaste físico absurdo sob o corpo do garoto, além de impossibilitar que utilize ainda mais da A10P "conscientemente".</li>
<li>O "fator de cura" do garoto não funciona enquanto estiver utilizando ativamente a energia da Quirk, ou seja, não pode se curar enquanto estiver utilizando-a em sua potência máxima (100%), potências menores influenciam em uma redução do poder de regeneração.</li>
</p>

</maintextbg>

<titulo>Árvore de Especializações</titulo>

<p>
<center><i>Vazio</i></center>
</p>

</historia>


<historia>

<titulo>Técnicas Interpretativas</titulo>

<p>
<b>All In, Up and Down (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> A+.<br>
Acelerando seu corpo com o surto de energia do All In em mais ou menos 40% - 50% de seu poder total, Drake pode avançar em velocidade máxima contra um inimigo, desferindo um gancho com todo o poder disponível no momento (até os 50%), lançando o inimigo para o ar e seguindo com um pulo e um chute descendente, lançando o inimigo de volta para baixo.
</p>

<p>
<b>Exemplo de Técnica 2 (não-verificada)</b><br>
<b>Grade:</b> F- até S+, pense se é a técnica mais forte do personagem, a mais fraca ou mediana e coloque um rank de acordo.<br>
Descrição da técnica interpretativa.
</p>

</historia>


<fama>

<titulo>Fama!</titulo>

<p>
<b>#NomeReal</b>
</p>

<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>


<p>
<b>#ALCUNHA</b>
</p>

<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>


<titulo>Feitos</titulo>

<p>
<b>Matérias:</b> <i>nenhuma</i>
</p>

</fama>


<historia>

<titulo>Relacionamentos</titulo>

<p>
<b>Exemplo de Relacionamento 1 (NPC/Player/Grupo)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
<i>"Frase do seu personagem que resuma a relação"</i><br>
Descrição do relacionamento.
</p>

<p>
<b>Exemplo de Relacionamento 2 (NPC/Player/Grupo)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
<i>"Frase do seu personagem que resuma a relação"</i><br>
Descrição do relacionamento.
</p>

</historia>


<historia>

<titulo>Character Book</titulo>

<p>
Nome Completo: Sanji Drake<br>
Ocupação: Herói
</p>

<p>
Sexo: Masculino<br>
Nacionalidade: Cidade, País<br>
Aniversário: 28/06/2000 (18 Anos)<br>
Altura/Peso: 1,79m. 80kg. <br>
Tipo Sanguíneo: B- <br>
</p>

<p>
Signo: Cancêr <br>
Filme Favorito: Ender's Game, Jogo do Exterminador. <br>
Música Favorita: Believer - Imagine Dragons
</p>

<p>
Hobbies: Comer. <br>
Ocupações Secundárias: Ser o melhor de todos em comer.
</p>

<titulo>Trivia</titulo>

<p>

<li>Gosta muito de comer.</li>
<li>Gosta muito de comer, sério.</li>
<li>Gosta MUITO MESMO DE COMER CARA.</li>

</p>

<titulo>Quotes</titulo>

<p>

<li>(para x): "Frase 1 do personagem" (Opcional)</li>
<li>(sobre y): "Frase 2 do personagem" (Opcional)</li>
<li>[...] + frases, caso queira! Não há um limite nem um mínimo.</li>

</p>

</historia>

<historia> <div style="float:right;"><img src=http://placehold.it/60x60></div>

<titulo>Extra!</titulo>

<p>
Jogado por: Neijin<br>
Tag: @Neijin
</p>

<p>
(FC) One Piece: Sanji (Civil)<br>
(FC 2) One Piece: Sanji (Persona)
</p>

</historia>

</div>[/dohtml]
Apr 27 2018, 01:47 AM
[dohtml]<div id="ficha">


<regular> <titulo1>MIKHAIL SNETKOV</titulo1>

<img src=https://i.imgur.com/eijBdO9.png>

<profiletextbg>

<aprnc>

<p>
<b>Personalidade:</b> <br>

<p>
<tracospos>Centrado</tracospos> <br>
Difícil quebrar sua concentração. Experiente viajante do mundo, curioso sobre todas as coisas e preparado por uma carreira brilhante. Parece sempre preparado e raramente impressionado por algo.
</p>

<p>
<tracospos>Pacifista</tracospos> <br>
Raramente sua primeira atitude será agressiva. Prefere que as coisas sejam resolvidas sem confusão, sem violência e de preferência sem conflitos desnecessários. Mesmo quando ele tem tal chance.
</p>

<p>
<tracospos>Paciente</tracospos> <br>
O tempo nos tempos taoístas e budistas foram o que lhe permitiram o controle sobre a si mesmo e a humanidade que o cercava.
</p>

<p>
<tracospos>Calmo</tracospos> <br>
</p>

<p>
<tracospos>Estudioso</tracospos> <br>
Não só phD em biomedicina, médico formado com experiência, mas também constantemente estudando para melhorar a si mesmo. Acredita que o Eu ideal está sempre em transformação, desde o tempo que passou com os monges. Portanto, não possui o mal do Ego que nega a mudança constante e a entropia de tudo e nada.
</p>


<p>
<tracosneg>Solitário</tracosneg> <br>
Não é exatamente averso ao social, mas tem a tendência solitária de quem conviveu com o silêncio por anos. Não costuma facilmente gerar laços e o tempo consigo mesmo é bastante valorizado. Para ter sua amizade é necessária certa dedicação à qual nem todos se dispõem.
</p>

<p>
<tracosneg>Apatia aparente</tracosneg> <br>
Para algumas pessoas, o homem pode parecer apático. O que é irônico tendo em vista que respeita seu papel como médico. Mas quando se vê um pouco de tudo e muito do caos do mundo, a pessoa tende a ficar... cinzenta. O que em primeira instância pode ser esquisito para os outros, especialmente Kaeshi que é mais velho do que aparenta.
</p>

<p>
<tracosneg>Curioso</tracosneg> <br>
Tem uma curiosidade que parece um tanto... sem tato, às vezes. perguntando coisas que remetem a uma grande cara de pau ou... desumano.
</p>

</p>

<p>
<b>Aparência:</b> Alto, medindo 1m98cm, com os olhos de um tom dourado quase alaranjado que remete ao âmbar e com um olhar de observação constante, quase pétreo. Possui uma aura tranquila ao seu redor, ainda que o corpo musculoso e magro apresente um claro treinamento marcial como dos monges. Parece novo, tendo em si a aparência de 25 a 30 anos de idade, apesar de seus quase 50. Os cabelos são castanhos com seu tom variando com a iluminação, e a pele possui um bronzeado característico de quem peregrinou demais na vida. Acaba por ter um porte magro com a musculatura rígida e as mãos fortes como as de alguém que trabalhou muito na vida, nem sempre dando a primeira impressão de ser um médico. O nariz fino e os lábios tão quanto o fazem parecer ainda mais novo. O contraponto que lhe dá presença e firmeza são os maxilares quadrados e fortes. Raramente tem algum padrão de vestimenta, mas acaba por ser comum camisas de malha e jaquetas, dependendo do clima.
</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</regular>

<heroi> <titulo1>Prizrak</titulo1>

<img src=https://i.imgur.com/obNE6Vy.png>

<profiletextbg>

<aprnc>

<p>
<b>Persona:</b> Visto como um espírito (significado de Prizrak) pelas regiões remotas da Rússia, ele sempre fora um homem que evitou fotos, evitou atenção demais. Quando necessário que ele se agisse como o Prizrak curando ou salvando alguém de maneira "milagrosa", manteve-se oculto ou logo desaparecendo de cena, tornando-se um tipo de lenda urbana com várias descrições distintas - e dependentes da imaginação da população - nas regiões em que esteve, não tendo nenhuma "fama para si". Na maioria das vezes, no entanto, ele era apenas um peregrino que usava seus poderes de forma controlada.

</p>

<p>
<b>Aparência:</b> Não possui um uniforme e não tem exatamente uma persona de vigilante. Geralmente usava roupas de monge, no entanto.
</p>

</aprnc>

</profiletextbg>

</heroi>

<famaregular>

<center><div style="float:left;"><img src=https://i.imgur.com/SNNcXMK.png></div> <b>Chaotic Good</b> <br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaregular>

<famaheroi>

<center><div style="float:left;"><img src=https://i.imgur.com/SNNcXMK.png></div> <b>Neutral Good</b> <br>
Fama: 000% | Infamia: 000%</center>

</famaheroi>


<historia> <titulo>HISTÓRIA!</titulo>


<maintextbg>

<br><br>
Nascimento turbulento logo após uma época de guerras. O que mais se esperaria de um homem nascido de um casal formado por um cientista da antiga KGB e uma mulher com phD em biomedicina? A mãe com uma Quirk simples e não muito efetiva, porém prática, de formar vidros à partir de certos materiais orgânicos. O pai com a capacidade de guardar energia dentro de corpos. Ambos juntos descobriram uma maneira de infundir energia no vidro que ela manipulava, coisa que ficou como um "projeto para depois". Mas eles não sabiam o quão útil aquilo tudo seria.
<br><br>
Mikhail nasceu numa cidade ao Oeste da Rússia, filho de um casal que queria evitar qualquer atenção possível. Yaktusk tinha poucos visitantes e era tão gelado que nem mesmo ficar do lado de fora por muito tempo era possível, com temperaturas muito abaixo de zero. Notaram logo que ele muito provavelmente teria Quirk, numa análise simples que o bebê não teria o polêmico osso no mindinho do pé. A interação das Quirks de ambos tornou-se algo vital. Tornaram-se os médicos da cidade com facilidade, mas logo veio o maior desafio que jamais tiveram.
<br><br>
Mikhail teve o despertar de sua Individualidade aos quatro anos de idade, quando despertou sua Quirk. Inicialmente achavam que eram uma emissão de frequência alta; um fluxo de energia vital constante que era gerada pelo corpo do garoto, especialmente por meio de outros objetos. De início, uma faca poderia cortar e curar ao mesmo tempo. Mas curiosamente, precisava do contato dele. Precisava que ele gerasse a energia branca que lhe percorria o corpo e o braço com a faca. Fosse até mesmo uma moeda que ficasse na pessoa, ele precisava colar a moeda no ferimento para que surtisse efeito, antes de soltá-la. Ainda assim, havia uma série de problemas. Mikhail não sabia controlar o seu poder e causou a morte de vários ratos de laboratório pela degradação cancerígena que causava com a energia. E o mais grave dos problemas... A energia o afetava. Sem um objeto constante que aguentasse toda aquela energia, o garoto simplesmente estava ferindo a si mesmo. Envelhecia precocemente num nível alarmante até que ao ponto dos seus seis anos de idade, ele possuía a aparência de dez.
<br><br>
Sem muita opção, os pais cientistas o colocaram em coma induzido para estudar sua condição. Mesmo sabendo do risco, calcularam que era isso ou a morte. E portanto, por quatro anos o garoto ficou em animação suspensa, com apetrechos que concentravam sua energia em um cristal gerado com seu próprio DNA, parte da habilidade da mãe. O pai, Dr. Artyom Snetkov, teve uma ideia arriscada. E se tornassem o próprio corpo do filho um recipiente, tornando-o então uma entidade? A Quirk que parecia ser uma emissão estranha, se tornaria permanentemente uma Mutação. Imprevisível... mas a única escolha para que seu filho pudesse viver uma vida comum.
<br><br>
Vinte e sete horas de cirurgia. A junção das Individualidades do casal fez com que uma lenta e medida rede nervosa se tornasse um supercondutor cristalizado para a recepção do poder. Terminando em seu coração; um implante parecido com um Heart-Jacket da medicina, preparado para canalisar a energia. Quando Mikhail acordou, ele tinha parado de envelhecer. E toda a energia que gerava era manipulada e contida no próprio objeto de cura: ele mesmo.
<br><br><br><br>
A História pula então para anos depois. Anos de estudo no campoda Medicina, BioMedicina e Física. Anos que o tornariam um cientista e médico atuando pelo governo Russo. Tudo para aprender a manipular sua mutação; uma parte do corpo canalisada conseguia emitir os pulsos, e ele podia usar isso para curar e alterar pessoas. Anos nos quais ele conheceu uma belíssima parlamentar italiana no meio de suas empreitadas para ajudar clandestinamente herois que precisavam de mãos hábeis, numa época onde vigilantes eram numerosos, diante de leis diferentes e anteriores à época áurea mundial dos herois em lugares mais atrasados do que o Japão.
<br><br>
Tristes anos onde descobriu que não poderia ficar perto de sua filha, Pietra. Incapaz de controlar parte de seus poderes, recomendou que ela carregasse o nome da mãe. Recomendou também que ele fosse esquecido. Pois uma reação dele com o poder dela poderia simplesmente gerar uma crise pandêmica sem precedentes. Ele teria que ser ninguém.
<br><br>
E essa é a história de um homem que abandonou a tudo para se tornar um peregrino. Para aprender a ser alguém maior e melhor. E talvez procurar sua filha. Por anos vagou, e por mais anos ficou em um templo Taoísta. Depois em um Budista. Japão, China, Tibet, e até que enfim novamente ao Sul da Rússia, quando aprendeu que a energia acumulada por anos poderia gerar um efeito de concentração, transformando-o naquele que algumas pessoas chamaram de "O Espectro" - por seus atos e lendas que o circulavam -, em Russo. Até que estivesse pronto para procurar a filha. E controlasse seu poder para não gerar um efeito onde o dela seria uma arma.

</maintextbg>

</historia>

<historia>

<titulo>Atributos!</titulo>

<p>
<center><b>Nível:</b> 1<br>
<b>Exp Comum Total Gasta:</b> 10</center>
</p>

<center><b>Exp (Comum):</b> 0 | <b>Exp de Narrador:</b> 0 | <b>h.EXP/v.EXP:</b> 0
<br><br>

<table><tbody>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Atributo</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>EXP Investida</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>Pontos Totais</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Força</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
1 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>1</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Precisão</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Agilidade</b></div></td><td>
<div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
1 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>1</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Destreza</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
0 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>0</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Vigor</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
3 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>3</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Resistência</b></div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
1 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>1</b></div></td></tr>

<tr><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 100px; text-align: center;">
<b>Controle</b></div></td><td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
4 EXP</div></td>
<td><div style="border: 1px solid #60c5ff; padding: 5px; width: 140px; text-align: center;">
<b>4</b></div></td>

</tr></tbody></table></center>

</historia>

<historia> <titulo>HEALING CONTAINER</titulo>

<center>
<b>Superior | Mutação</b>
</center>

<maintextbg><div style="float:left; margin-right: 10px;padding: 4px;box-sizing: border-box;box-shadow: 0 4px 6px rgba(0, 0, 0, .3);"><img src=https://imgur.com/3JRn1os.gif></div>

<p>
Por meio de ondas e pulsos de energia que são disparados direto no organismo, tal energia direcionada faz com que o corpo gere em si o que falta para armar-se contra um invasor (vírus/bactéria/nano/etc) e até mesmo gerar tecido e hemácias baseado no próprio código genético do alvo-organismo. Tais pulsos são poderosos o bastante se feitos por um bom profissional ou que domine essa habilidade, por meio de energia imbuída em um objeto ou entidade. Por fazer-se o próprio contâiner de cura, a energia quantum trata o usuário - Mikhail - com objeto, mais explicado abaixo. <br>
Mikhail aprendeu a canalisar a si mesmo no Contâiner de Cura, sendo a própria entidade. Pode fazer a mutação emitir efeitos para tocar em algum ser vivo e tratar de um ferimento, agindo diretamente numa doença ou dano.<br>
Quando ativa ao máximo sua capacidade regenerativa, imbui toda a capacidade regenerativa em si mesmo, sendo assim um alvo... persistente, tendendo a se regenerar e formar as células novamente enquanto houver energia em seu corpo, e podendo dispersar energia pelo corpo de maneira integral.
</p>

<p>
<b>Vantagens:</b></b></b></b>

<li><b>Heal Scan:</b> Consegue focar sua energia em uma criatura e fazer uma varredura mandando um pulso psiônico pelo corpo, obviamente vinculado ao que ele já conhece de biologia e biomedicina. Não consegue adivinhar nada que não consiga entender, mas consegue analisar tudo que sua experiência lhe permite ao toque e brilho de sua mão. Tal habilidade é a mesma que o permite ter completa noção de tudo que ocorre dentro de seu próprio corpo todo a todo o momento, desde o menor até o maior dos incomuns e inesperados, por crescer e conviver com o mesmo, obviamente. Inclusive usa a si mesmo para extensos estudos, como cobaia.</li>
<li><b>Fator de Cura:</b> Consegue curar ao toque, agindo na multiplicação celular e recuperação de tecidos contra doenças, danos, bactérias e vírus. Obviamente como escrito, depende de sua capacidade e conhecimento. Não opera milagres e precisa de concentração. Ele possui duas vertentes: a Resistência Natural dele mesmo que é parte da sua Mutação, contra efeitos comuns. E a Parte Regenerativa que ele ativa em si mesmo e nos aliados para regenerar o dano contra qualquer coisa, restaurando pontes neurais contra efeitos nos mesmos, tecidos, sangue e multiplicação celular (que afeta todos os efeitos supracitados). Obviamente, respeitando os limites citados nas desvantagens.</li>
<li><b>Aprendizado:</b> Obviamente, cada situação que ele vence, lhe dá mais conhecimento, tanto lógico quanto instintivo pela sua capacidade de gerar efeitos ao toque. Então bactérias e vírus que ele "absorve" e engloba e vence lhe ensinam como tratar outros seres também.</li>
<li><b>Envelhecimento:</b> Por sua mutação e constante geração de renovação celular (não afetando a si mesmo negativamente), tem quase aos 70 ele parece ter cerca de 25, por conta do retardamento e efeito contrário ao problema que tinha quando novo e não conseguia canalizar sua capacidade.</li>
<li><b>Mutação:</b> Sendo um mutante infundido com o objeto de cura, ele gera os efeitos de regeneração todos em si mesmo, ao tempo todo. Não tem a regeneração dependente de um órgão específico, sempre gerando a regeneração ativa em si quando necessário, em qualquer ferimento possível. Ainda detém as funções humanas, mas o ciclo é mais controlado e a regeneração age de forma integral em si todo.</li>
</p>

<p>
<b>Desvantagens:</b>

<li><b>Toque:</b> Como explicado na história, ele não consegue afetar pessoas à distância. Precisa do toque direto dele e não consegue mais afetar objetos, sendo ele o próprio objeto (transformação) do fator de cura, sendo uma entidade por si só. Isso limitou sua capacidade que seria teoricamente uma Emissão em uma Transformação permanente, para o resto de sua vida.</li>
<li><b>Limitação de Cura:</b> Sofre o mesmo efeito que a outras regenerações têm; em doenças normais ou ferimentos leves/medianos em outras pessoas, a cura é sem problemas e promove uma multiplicação e regeneração celular simples e direta. Mas no caso de obliteração de algum membro ou algo muito grave, há o limite do fato de que não se pode curar muitas vezes algo tão grave seguidamente, pois custa caro ao corpo da própria pessoa, sendo que há um limite para pessoas multiplicarem células ao decorrer da vida, não podendo operar milagres, podendo cansar a pessoa, deixar cicatrizes ou coisas piores.</li>
<li><b>Inorgânicos:</b> Não os afeta, nem curando e nem com a parte agressiva. Na verdade, não tem o que fazer contra eles. Consegue afetar tecno-orgânicos ou meta-orgânicos a depender da situação da narrativa, mas é inteiramente dependente da ficha ou do NPC em questão.</li>
<li><b>Constante:</b> Pela Mutação, a cura é Constante em si e nas outras pessoas pelo toque, sempre infundindo a regeneração celular nas mesmas a não ser que reduza o efeito com seu controle ou que use luvas. </li>
</p>

</maintextbg>

<titulo>Árvore de Especializações</titulo>

<p>
<center><i>Vazio</i></center>
</p>

</historia>


<historia>

<titulo>Técnicas Interpretativas</titulo>

<p>
</p>

</historia>


<fama>

<titulo>Fama!</titulo>

<p>
<b>#NomeReal</b>
</p>

<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>


<p>
<b>Prizrak</b>
</p>

<p>
<li>Américas<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Ásia<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>África<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Europa<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
<li>Oceania<br> Fama: 00% | Infamia: 00%</li>
</p>


<titulo>Feitos</titulo>

<p>
<b>Matérias:</b> <i>nenhuma</i>
</p>

</fama>


<historia>

<titulo>Relacionamentos</titulo>

<p>
<b>Pietra Mazzer (Player)</b> — <i class="fas fa-heart"></i> | <i class="far fa-smile"></i> | <i class="far fa-meh"></i> | <i class="far fa-frown"></i> | <i class="fas fa-user-times"></i>

<br>
<i>"Minha filha e a luz que tive que abandonar. E a culpa é somente minha, de mais ninguém."</i><br>
Perdeu-se dela nos anos em que teve que se isolar da sociedade para aprender a dominar sua complicada Quirk e evitar que fosse um risco para uma cidade ou até mesmo um país, em conjunto com sua filha. Procura consertar os erros do passado. Procura ser melhor para ela.
</p>

</historia>


<historia>

<titulo>Character Book</titulo>

<p>
Nome Completo: Mikhail "Kaeshi" Snetkov<br>
Ocupação: Civil
</p>

<p>
Sexo: Masculino<br>
Nacionalidade: Yaktusk, Russia<br>
Aniversário: 22/04/1949 (69 Anos)<br>
Altura/Peso: 198cm / 88kg <br>
Tipo Sanguíneo: O- <br>
</p>

<p>
Signo: Áries <br>
Filme Favorito: Qualquer clássico <br>
Música Favorita: Música clássica, tribal, orquestral em geral. Apesar disso, bastante eclético.
</p>

<p>
Hobbies: Leitura, pesca, costura, curiosidades, ocultismo, estudos, e... basicamente qualquer coisa que tenha em mente. Toca vários instrumentos. <br>
Ocupações Secundárias: Médico, Cientista, Cientista Forense Consultante, Biólogo.
</p>

<titulo>Trivia</titulo>

<p>

<li>phD em Biomedicina</li>
<li>Aprendeu Artes Marciais nos templos onde morou e conviveu. </li>
<li>phD em Medicina </li>
<li>Poliglota </li>


</p>

<titulo>Quotes</titulo>

</historia>

<historia> <div style="float:right;"><img src=https://i.imgur.com/GYWgnKk.png></div>

<titulo>Extra!</titulo>

<p>
Jogado por: @Hawke <br>
Tag: @Kaeshi
</p>

<p>
(FC) Nome do Anime Aqui: Ookurikara | Touken Ranbu (Civil)<br>
(FC 2) Nome do Anime Aqui: Boros | One Punch Man (Persona)
</p>

</historia>

</div>[/dohtml]
Last Visitors


May 18 2018, 08:54 PM




May 16 2018, 12:42 PM




May 15 2018, 06:35 PM



Comments
No comments posted.
Add Comment

Friends

7 posts
Active: Jan 10 2018, 02:02 AM


O Hero Academia RPG é um RPG baseado em Boku no Hero Academia, obra criada por Kōhei Horikoshi. O fórum não possui fins lucrativos.
Custom Structures e buttons por Tigris. Imagens por artistas do Pixiv, Deviantart e Zerochan.